quarta-feira, 2 de março de 2011

Consciência Ética - Um esperançar intimamente de todos nós!

Ahr se agente soubesse intender a vida .. e as mancadas que agente dáa . o mundo seriaa diferente
Jovem Fernanda,

Assim que abrir o facebook, deparei-me com seu dizer com expressões triste, conflitante, desiludida, arrependida, dentre outras, mas, a que de fato me levou em responder de imediato foi o fio que tece o esperançar de seu íntimo jovem de menininha, assim como habitualmente constato em outras garotas, mulheres, garotos e homens, independentemente de suas idades.

Fernanda, fica aqui registrado meus aprendizados tidos ora a sós, ora em sociedade, ora por viés religioso, acadêmico e maravilhosamente por meio de DEUS e da LOGOSOFIA, entretanto, são aprendizados meus, não é receita, mas de repente quem sabe com umas pitadas aqui e acolá, você consiga a medida certa de suas aspirações espiritual, intelectual, emocional e afetiva?


Tudo é questão de tempo;

Singeleza;

Humildade para continuar a ser um eterno aprendiz;

Temperança para descobrir os encantamentos presentes no ato de construção dos fios da inteligência ao tecer a sabedoria do sonhado ser adulto;

A pureza da criança com pitadas de ousadias adolescentes para sempre questionar e pôr à prova conceitos e impressões;

Tanto nossas quanto de outrem, bem como do universo no qual somos parte;

Evidentemente considerando sempre os caráteres moral e ético, pois é por meio de mecanismos conscientes que permitimos nos reeducar e a exigir com serenidade e respeito;

Ao outro diante de nós e do próximo, que atente-se quanto a Lei maior e natural a todos nós, ou seja,

O outro é o meu espelho inverso que me colabora na construção da consciência humana e Sagrada de Deus.

Abraços fraternos,
Wellington Bernardino
02/03/2011

2 comentários:

Juliana disse...

Muito bom !!!
Acho de extrema importancia,reconhecemos e valorizarmos pessoas,profissionais.
Assim como você !!!
Parabens....
Perfeitoooo !!

Juliana Nogueira

Wellington Bernardino disse...

Ei juliana,

Kibom que comugamos de mesmo ideal ético-moral.

agradecido, abraços fraternos,

Wellington